28 de jan de 2012

Questão de peso!!!

Vamos ao que interessa,esse assunto das medidas e qual é o peso ideal,eu vejo como sendo ideal aquele peso em que a pessoa se sinta bem.No meu caso,estou pesando 80 kilos,e é muito pra minha estrutura óssea,um peso ideal pra mim ,é entre 55 e 60 no máximo,mais que isso,vai tudo pra minha barriga,bumbum e braços.

O mundo era melhor nesse tempo,pelo menos o meu mundo ...Anos 80

17 de jan de 2012

Ontem o dia não foi fácil...

Gente ontem cortei o açucar,estou só com o açucar do café que tomo de manhã,e não foi fácil passar o dia sem ele,realmente é um VÍCIO,tive dor de cabeça e insônia,só consegui dormir as 3 horas da madrugada,e tive um sono péssimo,com pesadelo e tudo,mas vamos que vamos,a luta é diária e eu sei que é assim mesmo,aos poucos vamos eliminando das nossas vidas hábitos que só nos fazem mal...E

VAMOS GANHAR A BATALHA!!!

15 de jan de 2012

OS PADRÕES DE DIETA DO BRASILEIRO (2) – Açúcares E OS PADRÕES DE DIETA DO BRASILEIRO (1) – Gorduras e Sódio

OS PADRÕES DE DIETA DO BRASILEIRO (2) – Açúcares

novembro 7th, 2011 por Renata Merlino

Continuando a série onde falo sobre os padrões dietéticos que reconheço em consultório, hoje eu comento um padrão que é rico em açúcares/carboidratos. Ela é beemm comum mas não corresponde a quase 100% das pessoas não. A mais comum delas eu vou falar mais pra frente. Nessa aqui a gente vê muito aqueles amantes dos bolos, pães, café e chocolate!

Segue então um exemplo resumido de como esse padrão funciona:
PREDOMÍNIO DE AÇÚCARES NA ALIMENTAÇÃO

CAFÉ DA MANHÃ – pão com geléia ou mel, café com açúcar

LANCHE DA MANHÃ – fruta ou barra de cereal

ALMOÇO – sempre opta por grande quantia de arroz, batata ou massas, sempre tem sobremesa, algum suco ou refrigerante e café com açúcar

TARDE – doce ou bolo ou biscoito, café com açúcar

NOITE – quase sempre lanche ou belisca biscoitos, pães doces, frutas, chocolate e sucos artificiais até a hora de dormir – a maioria das pessoas com esse padrão também são fãs da cerveja e a noite é o horário mais comum de consumo

COMPOSIÇÃO CORPORAL ASSOCIADA: pessoas com esse tipo de dieta não necessariamente estão obesas ou em sobrepeso, mas com certeza apresentam gordura abdominal acentuada na região do umbigo, a famosa “pochetinha”, que com o tempo passa a ser bem difícil de perder

SINAIS E SINTOMAS ASSOCIADOS: inchaços, azia, desânimo/cansaço, TPM com ansiedade e alta vontade de comer doces, flatulências, sonolência durante o dia, enxaqueca, enjôos, câimbras, hipoglicemia, prisão de ventre

PATOLOGIAS COMUMENTE ASSOCIADAS: diabetes, micoses, candidíase, depressão, resistência insulínica, ansiedade crônica, distúrbios de atenção, síndrome do pânico, infecção de urina

PADRÃO EMOCIONAL ASSOCIADO: deprimido, retraído, instável, preocupado

O que fazer?

- essa dieta é altamente viciante então sugiro de cara que você enfrente um período de abstinência porque quanto mais açúcar você consumir, mais vontade vai ter de comer;

- enfrentada a abstinência, consuma no máximo 1 alimento contendo açúcar por dia!

- cuidado com a quantidade de arroz, massa e pão – vão te dar a falsa sensação de você não pode VIVER sem eles! escolha um deles e consuma no máximo 1x/dia;

- ELIMINE ou reduza consideravelmente o refrigerante e suco artificial da sua vida – não tem nada que se possa aproveitar nesses industrializados e normalmente são eles que iniciam o vício do açúcar. Reduzir significa tomar 1x/semana apenas 1 copo/dia.

- tem mais uma coisa: dieta rica em açúcar causa desidratação portanto quando consumir esses alimentos, tome mais água que o usual – seu rim agradece!

E é isso, essa dieta é típica dos deprimidos e das pessoas TENSAS, em especial as mulheres. Isso porque nós já sofremos alterações maiores no nosso nível de serotonina que é o hormônio do bem-estar. Os açúcares aumentam a disponibilidade desse hormônio na corrente sanguínea e isso dá aquela sensação ÓTIMAAA de que está tudo bem! E depois, fica tudo mal srsrsrrs – porque é claro, sua glicemia vai cair e aquela lezera volta!

Fuja desse jeito de alimentar o quanto antes, eles representam um passo pra obesidade e depressão.

Boa semana!!

por Renata Merlino






Hábito alimentar que você precisa mudar hoje:MISTURAR EMOÇÃO COM COMIDA!

novembro 4th, 2011 por Renata Merlino

Você VIVE sem isso?

E sem isso, você VIVE?

Eu já sei sua resposta, mas..sem essa aqui, dá pra VIVER?

Está aí um dos hábitos mais comuns de ver na alimentação de qualquer pessoa, brasileira ou não. Nossas emocões parecem estar sempre a flor da pele e tudo que acontece de negativo acabando nos afetando mais do que deveriam. E o remédinho mais fácil e rápido que cura temporariamente mau-humor, irritação, insônia, TPM e ansiedade que eu e todo mundo conhece é a COMIDA!

Vamos fazer um teste? Se responder SIM para mais de uma questão abaixo, então você já misturou emoção com comida:

- Na TPM, já recorreu para o chocolate?

- Antes de dormir, já tomou leite quente pra ajudar no sono?

- Quando nervoso ou irritado, toma ou já tomou bebida alcóolica?

- Quando nervosa ou irritada, já foi na doceria mais bacana comer 1 ou mais doces?

- Em períodos de muita ansiedade, você come várias vezes no dia, beliscando?

- Quando alguma coisa ruim acontece, você come pensando no que aconteceu e quando vê comeu mais do que deveria?

- À noite, ou quando está sozinho(a), sente mais fome que o normal?

- Perde ou ganha apetite quando está triste, desanimado ou preocupado?

E aí? pra quantas respostas você disse sim?

Eu diria que misturar emoção com comida é uma faca de dois gumes: você realmente se sente bem no momento mas depois isso volta a acontecer com uma frequência diária sem que você perceba. E aí que mora o problema, porque é quando você não vê mais o que está acontecendo, você não escuta mais seu corpo. Os sinais vão vindo e a gente acaba achando que é tudo normal ou pior, acaba aceitando aquele prazer momentâneo que afinal está tão a mão, tão fácil. E quando a coisa estiver nesse ponto, você já está literalmente viciado em comer. É, vício, igual a qualquer substância nociva que a gente conhece, ouve falar e vê por aí.

E aí, vocês podem dizer: Ah mas vício em comida não mata…..

E eu digo, obesidade e anorexia nervosa não mata? Ah mata, e aos poucos. Esses dois extremos que citei de exemplo são casos de relações deturpadas com a comida onde a convivência entre as partes está completamente mal resolvida porque se tornou viciante. Gary Wenk, autor do livro Your brain on food, nos fala bastante sobre alimentos opióides do cérebro, ou seja, os alimentos que mais viciam o sistema nervoso. Entre eles estão: chocolate, café, açúcar, refrigerante, arroz, pão e laticínios. Percebeu que os mais perigosos de consumir em excesso são também aqueles que você não VIVE sem?

Por isso eu sempre digo que até que se torne um vício, os alimentos podem ajudar positivamente mas quando passa disso já se torna um problema emocional. E problemas emocionais, a gente não trata com a comida. Segundo o nosso amigo dicionário, emoção siginifica “abalo moral ou afetivo; pertubação, geralmente passageira, provocada por algum fato que afeta o nosso espírito..”

Então me fala, como é que você nutre o seu espírito?

Complexo né? mas pensa nisso!

por Renata Merlino

Nenhum comentário »
Postado em Nutrição Clínica & Ortomolecular
Tags:alimentos opióides, anorexia nervosa, ansiedade, insônia, obesidade, problemas emocionais, TPM

PREVENINDO A MENOPAUSA PRECOCE

novembro 3rd, 2011 por Renata Merlino

Quando se fala em menopausa todo mundo pensa naqueles sintomas horríveis de calor, taquicardia, depressão, baixa libido. Algumas mulheres têm muitos problemas nesse período chegando ao ponto de ter que tirar o útero ou até o ovário. Aí de médico em médico, a conduta é sempre a mesma de implementar na “dieta” da paciente algum medicamento repositor hormonal. Não, eu não sou contra medicamentos quando usados em situações de problemas AGUDOS (como no caso da retirada dos ovários). Acontece que quando o problema é crônico, os sintomas todos são só mascarados, igual a quem usa pílula anticoncepcional, por isso eu não conheço nenhuma mulher em idade fértil ou não que se sinta curada da TPM ou das ondas de calor usando apenas esses hormônios sintéticos. Masssss nós não queremos ficar assim né?? Queremos estar ótimas, de bom-humor, em forma e lindas certo??

Pois é aí mesmo que a nutrição entra! Sem prevenção minhas amigas, nada feito. Você acreditaria se eu dissesse que cuidando desde jovem da sua saúde, depois você não sentirá nada na menopausa? Quando eu encontro senhorinhas que passaram pelo período de fim da menstruação sem sintoma algum, eu acredito que isso é completamente possível.

E vamos à dicas práticas:

O grande X da questão é manter regulados os seus hormônios principais: testosterona, estrogênio, progesterona. Esses três em equilíbrio vão garantir que a mulher não tenha problemas menstruais, de fertilidade ou de menopausa. Pra garantir esse efeito as sugestões são simples mas eu vejo que na prática as pessoas encontram muita dificuldade, então se você é jovem, por favor se garanta já e agorinha:

1 – Invista em alimentos orgânicos: você não tem idéia do que os pesticidas dos vegetais e dos hormônios/antibióticos da carne podem fazer de mau no seu organismo – A-CRE-DI-TE!

2 – Faz outra coisa bem importante pra sua saúde: evite comer doces e pães todos os dias! se você sente essa vontade procure um nutricionista para te ajudar já que esse é um dos hábitos mais nocivos para o seu metabolismo, te desidrata e ainda faz você querer mais doce! Ah, excesso de açúcares na dieta também está intimamente ligado com Síndrome do Ovário Policístico, uma das grandes causas de infertilidade.

3 – Se você é mãe de meninas, por favor, não as deixe engordar. Quanto mais gordura no corpo elas tiverem maiores as chances de desenvolver problemas como a infertilidade e a endometriose. E se você já for adulta em idade fértil, pense o quanto antes em perder peso já que a intenção é te deixar saudável pra não ter uma menopausa difícil e precoce.

4 – Evite cigarro e bebida: é, esses “ingredientes” estão longe de serem amigos do organismo feminino e estão mais alí do lado dos vários tipos de câncer.

5 – Faça exercícios físicos: a dica é mega manjada mas é simplesmente fundamental pra manter seu sistema hormonal em dia. Nosso corpo não foi feito pra ficar parado então é melhor encontrar alguma coisa pra se mexer e ficar mais equilibrada porque sedentarismo gera uma porção de problemas inicialmente emocionais e que depois tornam-se físicos.

6 – No stress!! sei bem que não ser estressada envolve muita coisa mas ainda acredito mais na nossa atitude diante da vida que afinal, só a gente mesma é que pode decidir de que forma viver – se é bem ou mal.

7 – E a última e não menos importante dica: você precisa dormir no mínimo 7h por noite e precisa necessariamente de ter um sono da beleza, de princesa mesmo – ou seja, dormir até se sentir descansada. Se isso não estiver acontecendo, recorra a dica do exercício que com certeza seu sono vai melhorar.

Como nutricionista eu fico meio abalada quando vejo mulheres que tem tudo exceto boa saúde. Por isso deixo aqui um pedacinho de conhecimento pra você pensar no seu futuro e no das suas filhas se as tiver. E como mulher, também sei como é bom fazer as pazes com esse nosso universo do organismo feminino e poder largar de vez pílulas anticoncepcionais e outros aritfícios da indústria moderna que não fazem mais do que nos deixar doentes e infelizes.

Então se você deseja, como eu, ter uma menopausa feliz e nada precoce , cuide-se um pouco mais. Combinado?

por Renata Merlino







OS PADRÕES DE DIETA DO BRASILEIRO (2) – Açúcares
outubro 31st, 2011 por Renata Merlino

Nós brasileiros sofremos influências alimentares de diversos povos, o que faz da nossa dieta uma mistura bem indigesta e viciante.

Pensando nisso, começo hoje a escrever uma série sobre os padrões ou formas que nós costumamos nos alimentar no dia-a-dia para ilustrar até onde e como isso nos afeta. Você verá que cada uma delas predomina em algum tipo de alimento e que algumas pessoas na verdades misturam mais de um padrão ou seja, toda regra tem sua exceção. Todas as observações são frutos da minha experiência em consultório unido a vários estudos relativos a dietas, história da alimentação e padrões comportamentais associados a predomínio ou falta de determinados nutrientes.

Hoje exemplifico então uma dieta onde predominam alimentos gordurosos e ricos em sódio que não é exclusividade do brasileiro mas é bem comum entre nós. Logo mais, dou dicas de como equilibrar isso tudo a fim de evitar problemas maiores a longo prazo:
PREDOMÍNIO DE GORDURA E SÓDIO NA ALIMENTAÇÃO

CAFÉ DA MANHÃ – não faz ou toma café preto ou suco de laranja

ALMOÇO – sempre opta por grande quantia de carne vermelha com gordura (tipo picanha ou churrasco) ou frango com pele, frituras, refrigerante ou limonada

TARDE – não come nada ou escolhe entre salgados fritos, amendoins, sanduíches com molhos ou batatas de pacote, pipoca com manteiga, pra beber costuma ser qualquer coisa gelada e em grande quantidade

NOITE – macarrão com lingüiça frita, calabresa e molho branco ou hambúrguer com maionese e queijo ou sanduíche de mortadela/salame ou pizza de quatro queijos, refrigerante, à vezes bebida destilada e chocolate ou sorvete

COMPOSIÇÃO CORPORAL ASSOCIADA: pessoas que se alimentam assim geralmente possuem o abdômen superior acentuado/inchado dado acúmulo de gordura nos órgãos ali localizados como o fígado

SINAIS E SINTOMAS ASSOCIADOS: acne (no adolescente) e rosácea (no adulto), gastrite, azia, diarréias, TPM com predomínio de dores de cabeça, nos seios, inchaços e cólicas, unhas fracas, seborréia, digestão lenta, flatulências, sonolência durante o dia, enxaqueca, câimbras

PATOLOGIAS COMUMENTE ASSOCIADAS: colesterol alto, pancreatite, cálculos biliares, pressão alta

PADRÃO EMOCIONAL ASSOCIADO: irritação, acessos de raiva, inquietação/insatisfação/tensão



O que fazer?

- Reduza consideravelmente ou exclua refrigerantes da sua dieta; eles são especialmente nocivos para o seu sistema hormonal

- Dê uma olhada rápida em rótulos; os alimentos ricos em sódio precisam ser consumidos no máximo em ocasiões onde não haja outra opção e lembre-se que as maiores fontes de sódio são os alimentos industrializados

- Evite ao máximo beber enquanto come

- Homens: consuma carne vermelha no máximo 2x/semana

- Mulheres: evite carne vermelha e consuma fontes de proteína animal (carnes, laticínios e ovos) apenas uma vez ao dia, de preferência no jantar – fazendo isso sua TPM melhorará muito

Espero que tenham gostado, na próxima segunda escrevo sobre outro estilo de dieta que predomina entre nós: rica em açúcares/carboidratos.

Boa semana!

por Renata Merlino

Nenhum comentário »
Postado em Dietas
Tags:acne, colesterol alto, gastrite, pressão alta, refrigerante, sódio, TPM

Hábito alimentar que você precisa mudar hoje: COMER DEMAIS!

outubro 28th, 2011 por Renata Merlino

Se você não gosta de falar de dieta ou se já tentou um monte delas sem sucesso ou ainda se você acredita que precisa de um meio diferente de comer melhor, mudar hábitos pode ser fundamental. Aliás a maioria de nós saberia se cuidar de um jeito mais preciso se tivéssemos educação nutricional no colégio, afinal a importância universal da boa alimentação não é amplamente discutida desde que somos jovenzinhos, então levar um papo com um nutricionista fica parecendo “coisa de adulto” sabe?

Por isso, vou escrever uma série de 10 posts falando sobre os principais hábitos que precisamos mudar já! Começo hoje e nas próximas sextas-feiras vou colocando as outras dicas.

E falando em hábito alimentar, hoje a dica é pra gente evitar comer demais! E além de comer demais, comemos demais de tudo. Se vamos comer chocolate, a gente come de monte; se é carne, comemos carne quase todos os dias e no fim de semana vai um churrasco; se é arroz, o prato faz aquela montanha sabe??; se é massa, pizza ou afins, a gente dá prejuízo no rodízio…..; e aqueles aficcionados por refrigerante então? litros e litros no fim de semana ou durante a semana também!

Quando eu paro pra pensar na quantidade de comida que estamos acostumados a comer fico imaginando as pessoas que praticam a alimentação prânica, que é nada menos que viver de luz. Essas pessoas praticamente não comem comida e sobrevivem. Algumas durante muitos anos, mais que nós. E aí me pergunto, se essas pessoas vivem muito bem sem comida e nós vivemos mal com muita comida, não seria melhor achar um equilíbrio nisso tudo?

A hiperalimentação é bem comum no nosso meio porque a oferta de alimentos é grande em qualquer lugar que vamos e as pessoas sofrem muito de ansiedade. Creio que esses são os principais motivos que nos levam a comer em excesso. As pessoas ansiosas quanto mais comem mais sentem a necessidade de comer e com isso não conseguem se conter quando tem fácil acesso a muita comida.

O que é excesso? Depende muito de vários fatores mas segue abaixo algumas dicas que servem pra todo mundo:

- Refrigerantes: mais que 2 copos na semana;

- Doces e chocolate: mais que 1 porção por dia

- Carne vermelha: mais que 2x/semana

- Arroz: se você não for atleta, mais que 5 colheres de sopa

- Queijos e laticínios: mais que 1x/dia

- Massas: mais que 1x/semana

Essas observações são cabíveis dentro da nossa alimentação ocidental que tem muito de tudo isso que falei acima.

Por isso gente, aonde quer que você vá, diminua a quantidade da sua comida. Os nossos excessos vão sempre trazer prejuízos e consequências, as enfermidades mais conhecidas relacionadas a hiperalimentação são a síndrome metabólica e mais tarde o câncer.

Na próxima sexta, escrevo mais uma dica bem importante.

Bom fim de semana!

por Renata Merlino

Nenhum comentário »
Postado em Nutrição Clínica & Ortomolecular
Tags:alimentação prânica, ansiedade, câncer, hiperalimentação, síndrome metabólica

SEMENTE DE CHIA – Propriedades e Receita

outubro 27th, 2011 por Renata Merlino

Essa é uma sementinha que tem dado o que falar por causa do alto teor de ômega 3, superando o salmão e a linhaça, por ter muita fibra e também por ser ríquissima em cálcio.

Se a intenção for promover saciedade, consuma pura antes do almoço e jantar e tome bastante água. Se quiser aproveitar as fibras e a boa gordura insaturada, sugiro comer com frutas ou iogurte e pra quem gosta dá pra misturar na comida também.

Achei essa receitinha de VITAMINA DE FRUTAS COM SEMENTE DE CHIA no site do Mundo Verde, ela é muito interessante pra ser consumida no lanche da tarde por exemplo:

Ingredientes

2 colheres de sopa de semente de chia
1 colher de sopa de mel
6 unidades de morangos
200 ml de bebida de arroz
1 banana prata
½ unidade mamão
Gelo a gosto

Preparo

Bater todos os ingredientes no liquidificador com gelo. Servir em seguida.

Boa não é?? Aproveite mais essa novidade de alimento funcional.

por Renata Merlino

Nenhum comentário »
Postado em Propriedades dos Alimentos, Receitas
Tags:alimento funcional, fibras, ômega 3, saciedade, semente de chia
Fonte:http://www.inteligencianutricional.com.br/

Eu sinceramente pasmei com essa reportagem,tão VERDADEIRA E ASSUSTADORA...

OS PADRÕES DE DIETA DO BRASILEIRO (3)-Industrializados

novembro 14th, 2011 por Renata Merlino

Segundona chuvosa de véspera de feriado e pra quem está em casa já bate a vontade de comer maisss!!

Mas continuando a nossa série sobre os padrões do brasileiro de se alimentar, vou demonstrar pra vocês hoje um tipo de dieta que está ficando mais raro (ainda bem). Por causa da vida corrida e do excesso de trabalho das pessoas, algumas procuram desesperadamente um jeito rápido, prático e fácil de se alimentar. Esse jeito é consumir as invenções rapidíssimas da indústria que visam exatamente esse público. Um exemplo de um dia com esses alimentos seria mais ou menos assim:
PREDOMÍNIO DE INDUSTRIALIZADOS NA ALIMENTAÇÃO

CAFÉ DA MANHÃ – pão de forma ou bisnaguinha com margarina, suco artificial ou café instantâneo OU bebida láctea com cereal

LANCHE DA MANHÃ – barra de cereal, biscoito ou bolacha, suco de soja ou achocolatado pronto

ALMOÇO – normalmente comida por quilo ou sanduíche com hambúrguer e queijo, refrigerante ou suco artificial

TARDE – doce ou bolo pronto ou biscoito ou batata chips, leite fermentado ou chá/água de côco prontos

NOITE – pizza, sanduíche de microondas, torta, pão de queijo, batata pré-frita (todos congelados) ou sanduíche com frios/atum em lata/hambúrguer congelado e refrigerante ou suco artificial, sobremesas: sorvete, brigadeiro, flans, pudins, chocolate (todos já prontos no mercado)

COMPOSIÇÃO CORPORAL ASSOCIADA: o mais comum nesse caso são pessoas muito magras ou bem acima do peso porque não conseguem absorver nutrientes. Existe também os que tem o abdômem bem pronunciado ou os magros que não conseguem perder gordura nessa região.

SINAIS E SINTOMAS ASSOCIADOS: irritação, ansiedade, acessos de raiva, unhas fracas, acne, inchaços geral ou localizado, TPM forte com predomínio de cólicas e depressão, ganho de peso gradual e constante (mesmo sem comer altas quantias) ou dificuldade de ganhar peso (mesmo comendo muito), celulite, suor excessivo

PATOLOGIAS COMUMENTE ASSOCIADAS: síndrome do intestino irritável, diabetes, pressão alta, disordens várias do sistema endócrino (desde hipotireoidismo à infertilidade, testosterona ou estrogênio altos), alergias/intolerâncias alimentares, síndrome da má absorção etc.

PADRÃO EMOCIONAL ASSOCIADO: triste, desanimado, agitado, apressado, nervoso

Como vocês podem observar, nesse tipo de dieta não existe ou tem raras introduções de frutas e vegetais. É uma dieta pobre em enzimas digestivas, riquíssima em sódio e açúcar. Por conta disso, o intestino dessas pessoas não conseguem absorver nutrientes e todo o sistema endócrino entra em colapso levando a uma desorganização tão grande que várias doenças aparentemente sem causa podem aparecer mais tarde.

É importante lembrar que mesmo se você não tiver uma alimentação assim, mas ela continuar tendo grande quantia de sal, açúcar e também uma boa porção de industrializados, o seu organismo vai sofrer da mesma forma. Vale a pena fazermos algumas substituições:

- bolos: faça em casa – os outros são cheios de gordura hidrogenada e açúcar

- sucos: se ter frutas naturais é muito difícil pra você, tente ao menos disponibilizar polpas e frutas congeladas

- frios/enlatados: use-os bem de vez em quando e pra rechear sanduíches faça uso de patês vegetais para intercalar com eles

- bebida láctea e leite fermentado: prefira iogurtes naturais (sem adoçantes sintéticos) e orgânicos

- margarina, óleo vegetal: troque por manteiga sem sal e orgânica ou óleo de côco ou azeite extra-virgem

- cereais e biscoitos: consuma os que tem fibras, são sem adição de sal ou que leve açúcar mascavo e de preferência orgânicos

- congelados e refrigerante: meu conselho máximo é que você elimine isso da dieta, independente qual seja – são destruidores fiéis do sistema endócrino relacionados inclusive com vários tipos de câncer e problemas neurológicos

Minha insistência com os orgânicos é por conta de sua produção que elimina o uso de pesticidas ou a interferência de antibióticos e hormônios. Peço atenção especial também as mães e futuras mães com a introdução desses alimentos na dieta de seus filhos!

E é isso pessoas, se cuidem e utilizem o mínimo possível desse tipo de veneninho. Afinal você não precisa deles certo?

Bom feriado!

por Renata Merlino

Nenhum comentário »
Postado em Dietas
Tags:celulite, congelados, enzimas digestivas, infertilidade, refrigerante, síndrome da má absorção, suco artificial
Inteligência Nutricional – Renata Merlino is powered by Wordpress.

12 de jan de 2012

Gente,levei um grande susto ontem...Preciso mais do que nunca da ajuda de vocês,que me ajudam a trilhar esse caminho maravilhoso que é a busca pela QUALIDADE DE VIDA!

Olá meus amigos,ontem não foi um dia bom,passei mal de manhã,fiquei com o braço esquerdo dormente,sem forças,a lingua ficou adormecida e tive um príncipio de desmaio,mas fui bem atendida,estou internada desde ontem,fiz tomografia,eletro,mas graças a DEUS,não é nada,mas continuo em observação...
Como tudo na vida tem o lado bom,acredito que esse acontecimento é pra eu ACORDAR DE VEZ PRA VIDA,eu sei que já mudei muitas coisas,mas ainda preciso mudar mais,e a principal delas é começar a praticar uma atividae física:urgentemente,se eu não priorizar algumas coisas,nunca vou ter tempo de cuidar DE MIM,e vou continuar cuidando apenas dos outros,e quando eu fiz esse blog o objetivo central dele foi voltar a cuidar de mim,e não posso me esquecer disso jamais...
Preciso muito do apoio de vocês,são as histórias de vocês,aslutas,que me ajudam e me motivam a continuar seguindo o meu caminho,bjus e obrigado por existirem na minha vida!!!

8 de jan de 2012

Vigilantes do Peso: 'contar calorias é inútil'

Vigilantes do Peso: 'contar calorias é inútil'
Maior empresa de dietas do mundo cria novo sistema de pontos que ignora o valor calórico dos alimentos. Frutas são boas. Sucos, um perigo!
Giuliana Bergamo


As fibras funcionam como um antídoto natural para o açúcar contido nos alimentos. Elas retardam a absorção da glicose pelo organismo, reduzem o aporte de insulina necessário na digestão eaumentam a sensação de saciedade



Uma laranja e meio copo de suco da fruta contêm a mesma quantidade de calorias: 40. O suco, porém, é menos saudável que a fruta. Por quê? Ambos são ricos em açúcares e ambos têm carga glicêmica considerável (veja a comparação acima). Mas, sem as fibras que a fruta contém, o suco puro obriga o pâncreas a produzir insulina - hormônio responsável por transportar a energia para dentro das células - muito rapidamente, para contrabalançar o açúcar circulante. As fibras contidas na fruta atrasam esse processo metabólico, o pâncreas trabalha menos abruptamente, sem choques para o organismo. Em um efeito benéfico adicional, para serem digeridas as fibras vão obrigar o organismo a gastar energia que, de outra maneira, seria estocada no corpo na forma de gordura. "O suco da fruta sem as fibras é o que leva ao aporte exagerado de insulina", diz o endocrinologista Freddy Eliaschewitz, diretor do Centro de Pesquisas Clínicas de São Paulo. Esses picos de insulina duram pouco, logo a sensação de saciedade se esvai e a fome volta com força total. O que parece uma refeição frugal é uma bomba energética para o organismo. As fibras contidas nas frutas prolongam a sensação de saciedade e a pessoa acaba comendo menos.

Embora estudos de vanguarda já apontassem desde meados do século passado as diferenças nos processos pelos quais o organismo lida com o açúcar na ausência das fibras e na presença delas, esse conhecimento só se tornou inquestionável há pouco tempo. Os Vigilantes do Peso, filial brasileira da maior empresa de dietas do mundo, a Weight Watchers International, vão pôr em prática a partir desta semana um novo programa de emagrecimento que reflete esse avanço. Ele ignora a quantidade de calorias contida nos alimentos. "Contar calorias é inútil", diz David Kirchhoff, presidente da instituição. A nova dieta mantém o modelo de pontos em vigor desde 1997 no mundo e que leva em conta o peso, a altura, o sexo e a idade da pessoa. A inovação é o critério adotado para chegar à pontuação final. Entra na conta, agora, o fato de que o processo metabólico de quebra de carboidratos consome até 20% das calorias contidas na comida, enquanto a quebra da gordura gasta só 5% do teor energético total.
As fibras salvam: Como as frutas contêm altos índices de fibras e promovem a sensação de saciedade, seu consumo é incentivado no novo programa de emagrecimento

As fibras salvam: Como as frutas contêm altos índices de fibras e promovem a sensação de saciedade, seu consumo é incentivado no novo programa de emagrecimento

Como regra, o novo programa incentiva o consumo maior de proteínas e de fibras, por elas prolongarem a sensação de saciedade. Por isso, embora tenham a mesma quantidade de calorias (105), um filé de 100 gramas de pescada branca equivale a 3 ProPontos, como foi batizada a nova unidade de medida dos Vigilantes, enquanto uma coxinha de frango pequena equivale a 8. Meio copo de suco de laranja equivale a 2 ProPontos. Uma laranja, a zero. O mesmo acontece na comparação entre um bombom grande (3 ProPontos) e um lanche composto de um copo de iogurte desnatado (2 ProPontos) e uma maçã (zero ProPonto), ambos com cerca de 110 calorias. Notou alguma semelhança entre os valores atribuídos às frutas? Pois é. Elas não contam pontos. Isso se deve ao alto teor de fibras e à sensação de saciedade que produzem. Por causa da quantidade de gordura, a única exceção entre as frutas é o abacate (a um quarto da fruta foram atribuídos 3 ProPontos). Pela nova abordagem dos Vigilantes do Peso, a fibra é o nutriente-mocinho da história e a gordura o maior vilão.

Apesar de extensa, a lista de pontos dos Vigilantes não consegue abarcar todo e qualquer alimento disponível nas prateleiras dos supermercados. Por esse motivo, quem adere à dieta rigorosamente precisa ter em mãos a calculadora de papel que faz parte do kit básico fornecido pela companhia. Uma calculadora eletrônica especial deve ser lançada ainda em janeiro e será vendida separadamente por 29 reais. Elas funcionam no caso de itens industrializados, que, por lei, trazem com eles uma tabela que discrimina a composição do alimento. Para saber quanto se está comendo, então, é necessário colocar na ferramenta - seja a digital, seja a analógica - as quantidades dos quatro macronutrientes considerados pela dieta: carboidrato, proteína, gordura e fibra. Tem acesso a esse material quem participa das reuniões semanais, que ocorrem em onze estados brasileiros e no Distrito Federal a um custo de 25 reais por encontro mais 50 reais de matrícula, ou quem compra o programa a distância (189 reais). Nos Estados Unidos, onde o novo programa é utilizado pelos clientes dos Vigilantes há um ano, a média de emagrecimento é de 800 gramas por semana.

"A dieta dos Vigilantes é uma boa forma de conquistar o emagrecimento", afirma a nutricionista Juliana Baptista, do Centro de Pesquisas Clínicas de São Paulo. Ela funciona principalmente porque permite comer de tudo e emagrecer evitando o efeito rebote de quem se priva das refeições de que mais gosta, mas, é claro, não serve para 100% dos gordinhos. Embora a cota de alimentos a ser consumida varie de pessoa para pessoa - sendo 26 a mínima e 71 a máxima -, o processo de emagrecimento é algo muito mais complexo do que isso. É preciso levar em consideração também a forma como cada indivíduo estoca gordura em seu corpo e o grau de obesidade. "Quem tem mais acúmulo de gordura na região abdominal do que nos quadris, o chamado 'tipo maçã', deve tomar mais cuidado com o consumo de carboidrato e gordura do que aqueles que estocam energia nas coxas, o 'tipo pera'", diz o endocrinologista Geraldo Medeiros, da Universidade de São Paulo. Além disso, os muito obesos, em geral, precisam aliar regime, prática regular de exercícios físicos, remédios para controlar o apetite e acompanhamento multidisciplinar (médico, nutricional e psicológico).

As descobertas sobre as diferentes formas de absorção dos nutrientes contidos nos alimentos levaram o endocrinologista Alfredo Halpern, criador de uma dieta de pontos em prática há quatro décadas no Brasil, a rever sua fórmula. Baseada na quantidade de calorias contida em cada alimento, a lista do médico paulista simplificou a numeralha em que se transformou a vida daqueles que emagreciam contando calorias. Para isso, ele criou uma lista com quase 2 000 alimentos em que 1 ponto equivale a 3.6 calorias e liberou seus pacientes para ingerir o que bem entendessem desde que respeitassem o limite determinado por ele de acordo com o perfil individual. Deu tão certo que seu modelo se espalhou por consultórios de milhares de médicos. Halpern reviu sua fórmula no livro intitulado A Nova Dieta dos Pontos, publicado pela Editora Abril, que também edita VEJA. O novo livro traz informações específicas sobre a quantidade de gordura trans, a forma hidrogenada altamente nociva da substância. Apesar da revisão, Halpern continua fiel a seu lema: "Só engorda quem come mais do que gasta". A novidade, porém, é que a presença maior de fibras e proteínas nos alimentos obriga o organismo a gastar mais energia.
A matemática da comilança

Com base na quantidade de carboidratos, proteínas, gorduras totais e fibras - e não nas calorias -, o novo programa da Vigilantes do Peso atribuiu pontos aos alimentos.
Veja alguns exemplos